sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Recessionismo fashion



Ana veste:
Macacao Checklist - 59,90
Blusa e sapatilha Espaço Fashion
Lenço H&M - 2 euros
Bolsa Arezzo comprada no Brechó Day da Zellig - 70,00
Colar Ferdy

--------------------------------

Às vezes passamos por algumas situações que nos deixam meio atônitas e sem saber pra onde correr. Mas nada como sentar e se organizar para repensar gastos, ideias e até novas propostas.
Quando o orçamento aperta ou se tem um objetivo (uma viagem, uma casa nova, uma outra faculdade) qual é o primeiro item que dança?

Vestuário. O item considerado supérfluo.

Supérfluo, mais ou menos né, gente? Nós gostamos de ficar bonitas e isso não é supérfluo. Quando compramos roupas nos sentimos lindas, incríveis, auto estima lá em cima quando nos elogiam. Ok, as contas da casa, alimentação e saúde são básicos. E lógico que a gente não precisa todo mês comprar as novidades da estação. Pra que mais um vestido quando se tem 8473447 deles no armário e você ainda nem usou metade? Mas quem gosta e acompanha moda, é um martírio. E quando se abre zilhões de blogs e todo mundo tem aquela blusa incrível menos você? Ai!

Deixar de comprar e segurar os cartões quase nunca é fácil. Ou esperar só a chegada das liquidações, quem aguenta? O fato é que vai ter sempre um momento em nossas vidas que o recessionismo fashion se faz necessário. Eu já passei por meses sem compras (e acompanhadas aqui no blog, há um ano), reinventando todas as opções que meu guarda-roupa oferecia, sendo elas suficientes ou não.

Eu estou nessa fase, de reencontro com meu recessionismo. De repensar gastos, observar meu armário com mais carinho e perceber que dá pra ser criativa, cada vez mais e mais.

Quem também está passando por isso, como tem sido o processo? Árduo? Ou ok? Heheheheh! Se quiserem dividir suas impressões comigo...à vontade!

Beijão!

44 comentários:

Miss B. disse...

Nossa, tô exatamente neste momento! Vou casar ano q vem, então, já viu... Tenho comprado algumas peças, as "poucas e boas" (como nosso maravilhoso oxford listrado da new order), mas vou ter q segurar ainda mais no quesito 'roupa'. Seu blog me ajudou muito a fazer outras combinações, tentar looks diferentes com oq já tenho. Uma dica boa também é tentar fazer as próprias roupas, vou comecar a explorar esse caminho...bjsss

Miss Oak disse...

Aninha, sou uma que tá de jejum de compras. Me coloquei no cantinho da disciplina pq a coisa tava crônica. Via um vestidinho barato, comprava. Um cinto, comprava. Um lenço, comprava e assim lá se ia meu $.
Parei há uns 15 dias e NÃO está fácil. Me pego pensando em dar uma volta, fuçar araras e tal. Daí me lembro do jejum. Fico até mal humorada, mas sei que é p/ o meu bem. Tenho coisas demais, sem uso, realmente não preciso de novidades.
Pretendo ficar assim até dezembro.
Senhor, me ajude! rsrs
Bjks

Miss Oak disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani Oliveira disse...

Nossa, vou copiar o texto e mandar para todo mundo que acha que sou compulsiva. A parte do martírio me tirou um peso das costas. Mas tenho que entrar nesse recessionismo fashion. Além de não caber mais nada no guarda-roupa, meus cartões vieram bombando. Alerta total!

Beijins

Dani
@eunaosoumodelo

@ugust@ disse...

. Ana do céu! eu poderia ter escrito sua postagem, até falei disso no meu blog hoje, fui vencida ao passar pela hering, sou viciada na hering, será que se eu me comprometer com vc a ser mais cautelosa no quesito comprar eu vou conseguir!? aiai.
. busco muita inspiração aqui no seu cantinho, hoje só usei o colar de corda com flor e pérolas (fake) porque vi vc com a boina ontem, tenho que perder o medo com o que tenho em casa, fazer novas "misturas".
. quero me comprometer comigo a não gastar nada, a não ser o necessário, até dia 22 de outubro, dia do meu aniversário, mas confesso que é um martírio, principalmente porque meu escritório fica na "região nervosa" do comércio na minha cidade, ou seja, desço para o almoço: dou de cara com vitrines, volto do almoço, idem, e assim vai durante todo o dia, realmente não é fácil.
. mas estou com você nessa, reinvenção do nosso guarda-roupa, até meu niver quero ver o quanto consegui.
. beijinhos mil.
. fique com DEUS.
. excelente final de semana. e que consigamos pegar um pouco da "pãodurisse" do tio patinhas, risos.

Ana Carolina disse...

Ana como me encontrei nesse seu texto!
Antes deixa eu falar do macacão que é fofo! Adorei!
Ai tô totalmente assim e ainda procurando trabalho...
Hj mesmo fiz duas aquisições super baratinhas na zara p/ dar uma repaginada em dois vestidos de uns 10 anos atrás (isso mesmo 10 anos atrás que eu recuperei selecionando roupas p/ o bazar de vcs). Amo os dois vestidos mas um fica subindo demais é de renda e justo e o outro tem as costas super decotadas e eu não tô podendo né? Então comprei uma saia e uma blusa p/ fazer um dois conjuntinhos! Depois vou colocar no blog!
Super me readaptando ao novo momento!! Seja bem-vinda tb!
bjs
E aí, tá recuperada?

Coisas que me fazem feliz disse...

Oi, Ana!! Tudo bom?? Mesmo não comentando as postagens sempre costumo visitar seu blog, acho tudo muito legal!! Acontece q hoje acho q vi vc fotografando aqui para o blog, desconfio que trabalhamos no mesmo predio...rsrs..Se não era vc, era sua irmã gêmea!!
Qto a postagem estou no mesmo momento que vc, tentando não comprar, pois no meu armario não cabe mais nada!! Bjs

Janaina Cassis disse...

Ana
Li o post e todos os comentários e ufaaaaaaaaaaaaaaa, não sou só eu que estou assim, tava me sentindo um "ET" no meio de tantos blogs de moda, sem poder comprar nada, estou me mudando esse ano pro meu apartamento novo e só gastos e + gastos e meu marido me dizendo o tempo todo que não posso gastar, resultado disso tudo, eu mega deprimida por ver minhas amigas comprando e eu chupando o dedo, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!
Mas respiro fundo, fecho os olhos e continuo e sabe o pior de tudo, comecei a fazer academia a 1 ano e digamos assim que meu corpinho está tomando jeito, resumindo, minhas roupas antigas não me servem e eu não posso comprar, haja reinventar nesse caso né?
Massssss respiro fundo e continuo e dou muitas risadas com a situação, vou mandando minhas roupinhas pra serem diminuidas e as vezes até reinventadas por minha costureira e vou indo devagar e sempre...
Vc com esse post me deu um alento, de que tudo passa na vida, inclusive a abstinência de compras, que espero acabe logo, bom mas é isso, beijos mil e continua firme aí que eu daqui estou tentando, rs!!! Jana.

Mariana Lourenço disse...

mesmo básica tem o detalhe do lenço coral e a sapatilha fofa que adorei!!!

beijos

Ana Bia disse...

Oi Ana!
Sabe, leio o seu blog todos os dias. Mas sempre em silêncio....
Aprendi a amar esse lugarzinho e, apesar de participar pouco (ou nada, antes disso), sinto como se tb fosse um espaço meu, um espaço onde me encontro.
Hoje, quando li o post, me encontrei mais uma vez. E isso fez com que eu sentisse uma vontade enorme de escrever aqui.
Vontade de dizer que me encontro na mesma situação. Vou casar ano que vem e confesso que tive que cortar TODOS os gastos.
Tá sendo difícil, mas é por uma boa causa! rsrsrs
Bem, quero te deixar um beijo, dizer que é muito bom te ter por perto para nos inspirar todos os dias, e que como nas outras vezes e sempre estamos todas juntas de você!
Ana Bia

Anne Walker disse...

eu amo comprar, é bem como voce falou, a auto-estima vai lá em cima. mas o pior de tudo, tenho 15 anos, nao posso nem pagar pelos meus gastos sem levar outra pessoa à falência. fico agoniada quando passo muito tempo sem comprar rouba, nem que seja um brinco. mas também estou tentando me controlar, espero que todas nós consigamos; beijs

Luciana Marques disse...

Olá Ana,
meu blog tem essa proposta.
Dê uma olhadinha na entrevista que fiz com a paty koslinsk!
beijos......
Luciana

Patricia Branco disse...

Ana,
Eu tava tentando fazer isso, tentar só olhar meu guarda roupa e procurar nele soluções para me vestir, mas pra fazer isso é necessário não ir a shopping, não ver revistas de moda,não entrar em blogs(kkkk)! é complicado mas é um bom exercício pra se perceber e ser criativa, né??

Beijos! adorei o macação hj!
Vc já participou do sorteio lá no blog?
http://soupobresouchique.blogspot.com/2010/08/1-sorteio-do-blog.html

Bom final de semana!

Flávio Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávio Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávio Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávio Santiago disse...

Moda NÃO é supérfluo pra quem AMA de verdade!!! Moda é cultura!!! No meu caso, eu adoro colecionar revistas, e de vez em quando (de vez em quando mesmo) compro uns livros. Mas no momento preciso fazer uma faxina no meu guarda-roupa por causa do espaço. Esse é o recessionismo que eu enfrento. Mas uma coisa é fato: não deixo de comprar todo mês a minha revista Gloss. Sou fã e colecionador assíduo dela. E sempre terá espaço para uma nova edição. He he!!

Flávio Santiago disse...

"É lógico que a gente não precisa todo mês comprar as novidades da estação. Pra que mais um vestido quando se tem 8473447 deles no armário e você ainda nem usou metade? Mas quem gosta e acompanha moda, é um martírio. E quando se abre zilhões de blogs e todo mundo tem aquela blusa incrível menos você? Ai!"

Jesus Cristo!!! Roupa não é igual cd ou livro. O cd pode até sair de catálogo, mas em algum lugar, nem que seja nas Lojas Americanas por R$ 9,99 ele pode estar lá. Quanto ao livro, é um pouco mais difícil eu acho. Mas no momento que o livro é lançado, ele fica um tempo nas prateleiras, e após o recessionismo aí sim vai dar pra comprar. Mas a roupa... dependendo do caso é difícil. Pois AQUELA peça foi feita pra pessoa e não existirão outras iguais futuramente. Grrrrrrrrr......

Flávio Santiago disse...

O bom do recessionismo fashion é que a pessoa pode usar e reusar e até customizar algumas das 8473447 peças que estão sobrando no armário. Ou fazer um bazar. Ou doar. (Sempre tem alguma que a pessoa diz: "Onde que eu estava com a cabeça quando comprei isso? Ou: "Essa peça ficou apertada em mim!! Preciso emagrecer ou doar!")

Jenny C. disse...

Esse é um caso serio, pq as novidades ficam sempre piscando e é bem difícil resistir. Estou nesse mmento e sempre digo no meu bog. Vou casar ano que vem e como é de se esperar, roupas são as primeiras coisas que cortamos no orçamento. Mas confesso que as vezes caio em tentação~~ meu noivo confiscou meu cartão de débito pq trabalhar do lado do Barra shopping é uma tentação a parte! Várias ljas que amo lá me tentando (oi, Zara?) e realmente preciso resistir! Estou feliz pq semana que vem poderei gastar lá sem culpa, minha sogra e minha mãe me deram dinheiro de presente de niver para eu comprar muitas roupas!!! Estou pensando bem em que peças escolher, pq provavelmente será meu último momento de shopaholic por um booooooom tempooooo!!

Adorei o post, Ana! É bom saber que não estamos sozinhas nessa! E obrigada por nos inspirar a brincar, recriar , usar e abusar do que já temos, cmo se estivessemos usando algo novo a cada dia!!

Bjinhos e bom fim de semana!!!

LICIA TATIANE disse...

Também estou nessa fase.Estou fazendo um curso profissional de cabeleireiro e toda semana tenho uma lista de materiais para comprar e que não são nada baratos.Ai tenho que dá um tempo nos gastos com roupas.Bjs.

Amanda Abranches disse...

Ai Ana, que com saber que não estou sozinha nessa!!!
Essa semana começou meu período ZERO gastos com vestuário e moda... acabo de alugar um apê, vou morar sozinha... e não tenho absolutamente nada! Estou começando do zero total... então, tudo que tiver de dinheiro será direcionado à casa. Ok, não é tão ruim assim pq decorar a casa tb é super legal (e é minha área de atuação profissional, né?).. mas decorar é uma coisa e comprar as coisas de necessidade é outra... e com isso ter que abrir mão daquela peça... daquela promo... é difícil, mas até o momento estou bem controlada... bom, só tem uma semana né? Espero continuar firme e forte... e é bom saber que podemos encontrar força nas amigas, mesmo que virtuais! rs

Beijos.. força e criatividade, pra brincarmos com nosso armário e não ficarmos deprimidas por não poder comprar a última moda!!!

Sá andrade disse...

Nossa Deus, qtas aflitas como eu kkk...achei q era a unica sofrida!!! Tbém to nessa fase...e até outubro ou novembro mais ou menos!!! Ó Céus rs...bj flor...

Jub's disse...

Caso ano que vem e todo dinheiro é para o casamento.Super sofro por não poder fazer uma comprinha ou outra.
Mas dá pra viver!
:)

Natalia disse...

Oi Ana,
me identifiquei com seu post. Fiz uma promessa de trÊs meses sem compras e é realmente difícil. Mas sabe o que adoro? Olhar as vitrines para me inspirar.. coisa de doido, né?! hehehe
Enfim, bom é que estou usando todas as minhas roupinhas amadas.
bjs

Regiane Ivo disse...

Oi Ana, Tudo bem?! Eu vivo nessa fase desde sempre, as vezes por falta de grana, as vezes por falta de espaço, as vezes por falta de paciência...
Mais o melhor é que pensamos e repensamos antes de finalmente levar para casa, e as vezes esse "perengue" é melhor do que poder levar o que quiser para casa sem preocupação.
Tenho uma bolsa azul velha, que já tá descosturando mas que eu não desfaço por nada no mundo. Ainda lembro de mim na loja pensando se valia ou não a pena comprar... Lembranças assim é melhor que ter a peça do momento no guarda roupa.
Bom fim de semana, Bjus!

Tatiana disse...

Recessão à parte, amei o macacão! Já passei por essa fase quando queria comprar meu apê. Não pude aproveitar as liquis por um ano inteirinho. A solução foi pensar que ano que vem já teria enjoado de tudo que eu comprei no ano do recesso, o que sempre é verdade para mim. E fui feliz. Bjo e muita criatividade, nós amamos!

Renata Fontanetto. disse...

Oi Ana, tudo bom? Se lembra que eu disse que eu e uma amiga moramos bem perto de você? Pois é, ontem estive lá no boteco entregando minha roupitchas pro bazar... te vi e no final essa minha amiga até foi falar com você, mas eu já tinha descido (estava com uma galera)... na próxima eu dou um oi, prometo XD

Olha, fica tranquila! Vou compartilhar um pouquinho do que eu penso. Moda não precisa ser a coleção de verão de uma loja super cara, ou um ato compulsivo, impensado e que irá trazer arrependimentos depois. Tem tanta gente que com quase nada consegue criar coisas belíssimas, então acho que não é vergonhoso entrar em recessão: é um momento inteligente e muitas vezes necessário. é daí que descobrimos nosso lado ousado e vou até dizer que isso para mim é moda: não seguir a última tendência, mas sim descobrir a sua tendência. E tenho certeza que você passará por isso vitoriosa.

Beijos e até o dia 4! =]

Botocuda disse...

Moda é supérfluo? Ai... e o enorme lado "fútil" que existe em mim? rs
Quanto à recessão, comecei semana passada. Embora tenha feito ótimas comprinhas ultimamente, como já disseram aqui, vou casar ano que vem... Então até lá espero gastar apenas o absolutamente necessário com roupas.
Mas por outro lado, tenho tanta roupa que vai dar prá aguentar, mas dá uma dó... hihi.

Bjo.

SILVIA HELENA disse...

Tô nessa tb amiga ,
tentanto arduamente.Acho que me controlo nas roupas e acessórios mais caros mas acabo cedendo em umas pechinchas e em coisas como esmaltes e ... MELISSAS - minha paixão da hora ( bem há uns anos ). Faço o tal do exercício do guarda-roupa mas a gente sabe que trabalhar fora acaba com as variações em cima de um mesmo tema rapidinho ... mas tô na luta e quero ser menos consumista com certeza! O final do mês agradece e o início do outro mais ainda.Não quero ficar naquela só da aparência . É preciso folga para outros lazeres ainda mais para quem tem um filhote pequeno como eu e ainda curte um programinha extra vez por outro - mesmo que basicão.

SILVIA HELENA disse...

ps tentei ir na triagem do bazr mas mandei um email dizendo que não deu .. pois é agenda do bebê ficou na frente porque minha equipe de plantão precisou de mim ... assim estou com uma sacola parada aqui ..mas a qualquer momento ela sai!

tamaracarol disse...

Pelo visto, tem é gente de recesso né... rsrsrsrsrs. E eu estou entre elas... Em epocas de liquidação compro muito, aproveito todos os preços que valem a pena e ai, o que me resta, é ficar uns bons meses sem comprar... E ai vamos reinventando as peças que temos no guarda-roupa.
www.nomaisgerais.wordpress.com

jaao_87 disse...

Oi, Ana.

Estou de recesso de cmpras há bastante tempo.
P ser mais exata,
desde o carnaval.
N trabalho ainda
e minha mãe passa por um processo de redução salarial
e nunca mais fizemos compras.
Se é dificil seguir comaquelas roupas sambadas no guarda roupa?
p mim é bastante principalmente pq mudei meu corpo
e se tornou mto mais dificil aguentar aquelas roupas.
Mas o bom é ter ao meu alcance blogs como o seu q mostram q msm com coisas antigas,
é possível se vestir bem.
Já me inspírei várias vzs em looks seus,
mas n vou mentir:
preciso fazer compraaaas!!!

=**, Jowzinha

Fernanda Caldas disse...

Total identificação com o momento que estou vivendo... O pior que a gente rala tanto... Enfim! Bjos, Nanda / http://ararafashion.blogspot.com

Menina Twit disse...

Adorei o post e infelizmente tb tenho q aprender a me controlar, jah estava quase comprando um oxford, qdo entrei aki no blog srsrs Mas realmente as contas não param de chegar e eu não paro de comprar! arg!
Mas percebi q tem mta gnt nessa e percebi q tem mtos comentários apagados! Fikei curiosa!
Bjinhos ana!

Hoje Vou Assim OFF disse...

Os comentários apagados foram comentários repetidos das mesmas pessoas e elas mesmas apagaram.

Beijos!

Ingrid disse...

Oi Lindona!
Vc sempre levantando questões que combinam com a gente...
Eu estou de mudança pro meu novo apt° e já me desfazendo de algumas peças por falta de espaço. A gente aproveita pra renovar a energia, né?
Mas,deveria estar gastando ZERO. Zero, msm!
Sendo q como dia 19 foi meu niver. Uhuuuu! Acabei me dando de presente uma sacola recheada de peças maaaaaaraaaaavilhosas da minha loja preferida no Méier: a Meio Amargo que tem mtas peças atemporais e muitos vestidos By Bella que eu amo de paixão! A-ba-fa!
E quando vejo, Fui! Comprei!
Pra mim é uma totura mesmo! Principalemnte pq é perto da minha casa esta loja que eu sou fã.
Pra mim, é mto difícil. Mas, não é impossível né???
E com a sua criatividade tenho certeza que vc passa por esta fase tranquilamente e eu tenho que tomar jeito. rs

Flávio Santiago disse...

Menina Twit, fui eu comentei 3 vezes e apaguei no dia 20 de agosto. Desculpe. Clique no link do post e veja que fui eu mesmo.

http://hojevouassimoff.blogspot.com/2010/08/recessionismo-fashion.html

Flávio Santiago disse...

Corrigindo: desculpe a todas.

mundoforladies.com disse...

Bem legal! Gostei do look.

Mel disse...

Estou tentando segurar meus gastos, pois começo uma reforma na casa nova em outubro, mas como é difícil... rsrs, mas a gnt consegue.. bjs

Aline disse...

Amiga, qdo me separei do meu primeiro marido fiquei em casa sozinha, eu e o dog, não estava trabalhando. Ai fui trabalhar com uma tia só para quebrar o galho, o orçamento era contado, estava estudando tb, fiquei um ano sem poder compra nada! Só comprei uma única calça jeans.....foi duro! Acho que o segredo é não ver vitrines, nem lojas, nem blogs pq tudo isso desperta nossos desejos mais profundos!! Rssss!! Mas sabe que durante esse ano de dureza até que me acostumei? Mas sofri sim, tenho que confessar! bjs!

kelly livia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
kelly livia disse...

Nossa tbm estou assim em recessão...Até me animei em não comprar mais nada!!!