terça-feira, 6 de abril de 2010

É, gente. Hoje não deu.


Ontem e hoje o Rio de Janeiro, minha cidade, ficou debaixo dágua. Penamos para chegar em nossas casas, não pudemos sair para trabalhar, estudar ou fazer qualquer outra coisa hoje, sob forte recomendação de ficarmos em locais seguros. Faltou luz nas casas dos meus amigos, faltou gás encanado na minha e fiquei sem poder cozinhar um almoço ou tomar um banho quente.

Mandaram que não usássemos os elevadores, por conta do risco de faltar energia, mandaram que não transitássemos pelas ruas pois o número de assaltos e arrastões está alarmante. A Lagoa Rodrigo de Freitas transbordou, assim como o Rio Maracanã.

E foi assim, sob um medo constante, que o carioca passou a sua terça-feira. Sem saber muito bem o que fazer, a quem recorrer, como proceder.

Eu tentei, juro que tentei montar um look para hoje. Mas fiquei o dia todo apreensiva, chocada e triste. Cada imagem que aparecia na televisão deixava meu coração pequenininho.

Diante de um número horrível de 94 mortos até o momento, não dá, pessoal. A minha cidade foi afetada, a minha vida foi afetada. Meu pai, aos 58 anos, atravessou um bairro inteiro alagado à pé para chegar onde mora, correu risco de cair em bueiros, de ser assaltado, de ficar ilhado até de manhã numa Avenida Brasil intransitável.

Amanhã, prometo, mesmo com a situação ainda ruim, teremos look do dia. Obrigada pela compreensão e pela solidariedade.

-----------------------------------
Arrecadação de donativos para auxiliar a população

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria da Ordem Pública e da Guarda Municipal, começou nesta terça-feira, uma campanha de arrecadação de donativos para auxiliar a população desabrigada após as fortes chuvas que atingem a cidade do Rio de Janeiro desde a noite desta segunda-feira.

O brechó Emporium do Futuro, parceiro aqui do blog, está recolhendo doações. Por isso, se você tem alguma roupa guardada em seu armário que não usa há muito tempo, reflita se vale mais a pena vendê-la ou doar a quem necessita muito... nós, muitas vezes, ficamos com a segunda opção!

A loja se localiza na Rua Dias Ferreira, 420/loja D - Leblon. O contato conosco pode ser feito através do e-mail emporiumdofuturo@gmail.com.
Mais informações em: http://emporiumdofuturo.blogspot.com/2010/04/emporium-solidario.html

----------------------------------------------

Quem quiser pode recorrer às unidades da Guarda Municipal para levar os donativos A intenção é arrecadar colchonetes, alimentos não-perecíveis, água, além de roupas para serem doados aos necessitados.

Endereços dos postos da Guarda Municipal que receberão os donativos:

• Centro: no Centro Administrativo São Sebastião (sede da Prefeitura - Rua Afonso Cavalcanti, 455, Cidade Nova)
• São Cristóvão: na sede da Guarda (Avenida Pedro II, nº 111)
• Botafogo: na base operacional da GM-Rio (Rua Bambina, nº 37)
• Barra da Tijuca: na 4ª Inspetoria (Avenida Ayrton Senna, nº 2001)
• Madureira: na 6a Inspetoria (Rua Armando Cruz, s/nº)
• Praça Seca: na 7ª Inspetoria (Praça Barão da Taquara, nº 9)
• Lagoa: 2ª Inspetoria (Rua Professor Abelardo Lobo s/nº - embaixo do viaduto Saint Hilaire, na saída do Túnel Rebouças)
• Bangu: na 5ª Inspetoria (Rua Biarritz, s/n)
• Tijuca: na 8ª Inspetoria (Rua Conde de Bonfim, nº 267)
• Campo Grande: na 13ª Inspetoria (Rua Minas de Prata, nº 200)

(Fonte: Jornal O Globo)

ATUALIZANDO:

>> Em Niterói o Plaza Shopping está recolhendo doações. (fonte: Trendy Twins)

>> A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), em parceria com a Cruz Vermelha, está recebendo doações para os desabrigados no município do Rio de Janeiro. O plantão está funcionando durante 24 horas e os donativos devem ser entregues na Praça da Cruz Vermelha, nª 10, Centro do Rio. As necessidades mais urgentes são colchonetes, fraldas, alimentos não perecíveis, leite em pó e roupas de cama.

27 comentários:

Shandra disse...

Pois é, Ana, ficamos hoje em casa, de molho, e vamos ver como fica amanhã, né?
Esperamos que todos fiquem bem, e que menos estragos aconteçam. Vamos torcer para que dê tudo certo!
Beijos
Shandra

Limara Lis - Editora: V Vitrine - Alinhavos de Moda disse...

Acompanho seu blog e moro em Barra Mansa - RJ. É triste e lamentável o que está acontecendo em decorrência das chuvas. Difícil saber o que fazer e a quem recorrer, não é?... Mas, não desanime!

Abraços!

Processos Fotográficos disse...

Mto bacana essa ação da Emporium. Pena q nao tenha nada aqui. Minha vo nunca deixa acumular roupa. Sempre q compro ou ganho algo, ela logo recolhe as coisas + antigas e da pra alguem...
vou fazer propaganda... =D
bjs

Raquel disse...

Fui uma das pessoas surtadas que saiu hoje para trabalhar, peguei ônibus passando no meio de alagamentos e deslizamentos, mas consegui chegar... Surreal o dia de hoje! Estou aproveitando que cheguei um pouco mais cedo em casa para fazer uma limpa no armário e separar roupas para doação.

Sté disse...

nossa pelo q vemos na tv ta um caos msm...espero q passe logo essa loucura!!
beijos!

Claudia Luiza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudia Luiza disse...

Uma amiga mandou:

Veja como ajudar os desabrigados do Rio de Janeiro
A Prefeitura começa. nesta terça-feira, dia 6, uma Campanha de Arrecadação de Donativos para auxiliar a população desabrigada após as fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro nesta madrugada.

A intenção é arrecadar colchonetes, alimentos não-perecíveis, água, além de roupas para serem doados aos necessitados.

Ao todo, dez unidades da Guarda Municipal receberão os donativos.

Veja abaixo a listagem dos postos.

Endereços dos postos:

• Centro: no Centro Administrativo São Sebastião (sede da Prefeitura - Rua Afonso Cavalcanti, 455, Cidade Nova)
• São Cristóvão: na sede da Guarda (Avenida Pedro II, nº 111)
• Botafogo: na base operacional da GM-Rio (Rua Bambina, nº 37)
• Barra da Tijuca: na 4ª Inspetoria (Avenida Ayrton Senna, nº 2001)
• Madureira: na 6a Inspetoria (Rua Armando Cruz, s/nº)
• Praça Seca: na 7ª Inspetoria (Praça Barão da Taquara, nº 9)
• Lagoa: 2ª Inspetoria (Rua Professor Abelardo Lobo s/nº - embaixo do viaduto Saint Hilaire, na saída do Túnel Rebouças)
• Bangu: na 5ª Inspetoria (Rua Biarritz, s/n)
• Tijuca: na 8ª Inspetoria (Rua Conde de Bonfim, nº 267)
• Campo Grande: na 13ª Inspetoria (Rua Minas de Prata, nº 200)

Toda Ajuda é bem vinda!!! =)

Bjs Ana

Lissandra Torres disse...

É Ana... a situação na nossa cidade tá triste de se ver. Eu ainda fui trabalhar, sou jornalista e trabalho num jornal em Niterói. Por falar nisso, a região Metropolitana precisa de mta ajuda mesmo, são mtos mortos. É bom todos serem solidários nessa hora.
Bjokas

Dany Braga disse...

Lamentável...fiquei muito triste também. É horrível ficar aqui preocupada com a familia e os amigos aí. Mas se Deus quiser amanhã já estará tudo melhor. Mas infelizmente não para 94 pessoas e suas famílias. O Rio está entregue. Tem eleição esse ano, vamos fazer a nossa parte por um Rio de Janeiro mais bem cuidado. Nós merecermos isso. E pagamos muito por isso também. E claro, façamos a nossa parte na conscientização da população, que ao jogar lixo nas ruas e descuidar da natureza de tantas formas acaba prejudicando a si mesma.beijos, Dany

Mari disse...

Eu dei uma sooorte na volta pra casa ontem.
Hoje tb fiquei em casa, a situação tá mto feia.

GPS Fashion disse...

Venho no seu blog pela primeira vez e me deparo com um post desse. Realmente é triste ver a nossa cidade assim. Niterói também foi muito afetada, muitas pessoas foram perdidas. Temos que ser solidários.

Beijos!

Laura de Oliveira disse...

Ana,

Que tristeza que deu... como pode o Rio ter ficado assim? Cadê o dinheiro dos impostos?? Porque é que os administradores públicos fazem isso com os cidadãos??

O que mais dói é saber que mesmo assim, mesmo com essa dificuldade enorme, tem gente que levanta e vai, debaixo de chuva, trabalhar, vai batalhar, vai continuar tentando se sentir cidadão.

O Brasil fracassou. Eu falo do Estado. Mas os cidadãos, esses, ah! Esses são heróis... ninguém no mundo pode ser mais forte.

BjO e força, mais e mais.

Cláudia Paulino disse...

Nossa, lindinha !!!
Que coisa triste e complicada, mas nesse momento é melhor seguir a recomendação de não sair de casa e evitar riscos desnecessários.
Tomara que a chuva pare logo e a vida possa voltar ao normal.
Tuso isso assusta a gente e é realmente lamentável !!!
Eu me preocupo com tantas pessoas queridas, espero que estejam todas bem e em segurança !!!
Beijooocas

Vou Vestida disse...

Fiquei aqui de BH acompanhando tudo pela TV e com o coração apertado pelos amigos que moram no Rio e por todos os que estão sofrendo as consequências desse desastre. Espero que tudo volte ao normal o mais rápido possível! Força pra vocês! Beijos Ana!

Renata Mafra disse...

Ana.
Muito bacana sua mensagem. Também fiquei em casa e separando roupas para doar. Mas não sabia onde, agora você me disse,obrigada!
Também estou com o coração pequenino de ver o nosso Rio assim.
Beijos!

Lili disse...

Olá

Eu vejo o teu blog quase sempre com um dia de atraso devido a diferença horária.

Eu soube dessa tragédia ainda ontem pelas noticias que chegaram.Espero que tudo volte ao normal o mais rapidamente possível possível,força para vocês todos!

Beijos de Portugal
Lili

Stella - Jaú-SP disse...

Oi Aninha
Tenho acompanhado pela TV as fortes chuvas no Rio. Que lamentável. Espero que a situação melhore, de alguma forma. Beijo pra você.

Emporium do Futuro disse...

Obrigada por nos ajudar a divulgar a campanha, Ana!

Bjinhos e um ótimo look do dia nessa quarta menos chuvosa (ao menos por enquanto).

Cae Fernandes disse...

Oi Ana...espero que hoje as coisas fiquem melhores...realmente muito triste tudo isso. Precisamos de serenidade, força e que Deus diminua a dor que estamos sentindo.
Beijos

Gabriela Galvão disse...

Aninha, ontem eu e mamãe saímos d casa, abstraindo q o céu tava preto. Fomos na farmácia da esqina (da esqina do qarto qarteirão). De repente, o céu desaba. Eu: ñ vai passar, vms?' 'Ñ." "Então ñ vou, ñ vou te deixar." Ficamos nisso ateh ela se irritar e eu d volta e ir sozinha. D vestido jeans. Aninha, foi o melhor banho d chuva q jah tomei, o vestido jeans conseguiu ficar ench(x?)arcado. E eu me fotografei qd cheguei, pra mandar pra cah. Aih d noite vi a dimensão da coisa e fiqei em dúvida se seria d bom gosto ou ñ. Eu pensei em colocar 'tears and joy', na foto. E resolvi q mandaria, sim. Pq eu achei bonito o comprometimento das pessoas com o trabalho (e ñ parecia medo, mas comprometimento, mesmo),a solidariedade, o senso d oportunidade (e ñ oportunismo) -o cara do carrinho carregando duas meninas e cobrando R$5,00 por cada-, o senso d humor d uns -delas, dum surfista...-... Mas ñ consegui descarregar as fotos, por enqanto.

Bom, eu amo amo aom o Rio e os cariocas e os encariocados, qro ver isso sorrindo d novo. Logo.

Bisous

Bel disse...

Aninha ... meu coração também se encolhe em ver o que nós mesmos fazemos conosco, com Gaia.
Tão triste ver teus queridos em situações de risco. Eu imagino que nem o pijama te acolhe, não é,querida?
Daqui fica meu abraço carinhoso e minha torcida pra que tudo se alivie e a gente consigo se cuidar melhor e perceber que a Natureza é mãe.

bel.

Angel disse...

Que pena tudo isso acontecer no Rio de Janeiro que é uma cidade linda. Desejo que tudo fique bem por ai!
Um beijo.

Luciana Raab disse...

Ana, eu tb fiquei assustada com tanta desgraça e resolvi lançar essa campanha no meu blog tb! Afinal, o blog é um mega veículo de comunicação! Tomara que bastante gente ajude!
Bjs, Lu Raab

Julia Cavalcanti disse...

tá demais mesmo Ana, moro em Jacarepagua e aqui os arredores da minha casa está tudo bem graças a Deus, mas os vizinhos de bairro estão passando por coisas horriveis !

já fui ao posto da Praça Seca deixar as roupas que já ia doar de qualquer jeito e passei na casa de outras pessoas que não tinham como sair de casa para levar as doações delas tambem.

VAMOS AJUDAR GALERA, PODERIA TER ACONTECIDO COM QUALQUER UM !

Nanda Chaves disse...

Nossa, e quem nem casa tem, pra ficar esperando passar a chuva???

É lamentável deixarem isso acontecer com nossa cidade. Forças da natureza não temos como evitar, mas se a cidade fosse mais bem cuidada, nao teria chegado a esse ponto. Essa é que é a verdade.

Fabrício Santiago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla Jaróla disse...

Ana,

Não sou do Rio, mas me comovi com o que está acontecendo aí.

Já divulguei seu post e o do Trendy Twins no meu blog (www.boyishngirly.wordpress.com) e estou fazendo a minha parte, pedindo ajuda e recolhendo donativos!

Podem contar comigo!

Beijos,
Carla.