quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Desabafo: você se permite usar o que realmente gosta?


Ana veste:
Blusão jeans Renner - 69,90
por baixo camiseta Espaço Fashion
Legging Cantão - 49,90
Sapato Leeloo - presente do marido
Bolsa Renner - 79,90

Fotos: Flávia Caruso, com quem dividi essa reflexão.
---------------------------------

Tem dias que a preguiça e o cansaço dominam e a gente só quer se sentir confortável. Acho meio sacal alguém estipular que temos que ser escravas da moda, com a obrigação de andarmos emperequetadas sempre ou que devemos usar a bolsa modelo tal, marca xis.

Sei lá, eu acho que qualquer ditadura é um porre. A gente não se permite nem um pouco relaxar e curtir uma descontração: parece que temos sempre que estar em cima dos nossos saltos, equilibrando balangandãs e sobreposições para que acreditem que somos fashionistas, femininas ou mulheres competentes.

Eu confesso: é difícil alguém tirar as havaianas dos meus pés nos finais de semana. E ao mesmo tempo, aprendi somente esse ano que não posso viver sem corretivo e um blush.

Assim como quando queremos muito usar algo que está na moda. É tão frustrante ver que tem meninas doidas pra usar uma calça cenoura, mas ficam com medo do volume dos quadris. Será, gente? Ou será que o medo está no olhar dos outros? Na possível reprovação?

Claro que a maioria não gosta de ser o alvo das atenções no quesito roupa esquisita. Mas tem uma lição que aprendi há algum tempo: eu só uso o que gosto. E se eu gosto, eu me sinto segura. E se me sinto segura, nada desvia a minha atenção: o foco é a minha felicidade, é a alegria de usar o que gosto e ser feliz assim. Se a gente olhar pros lados, tropeça.

A Fernanda escreveu sobre o dia que dois homens comentaram na rua, pelas costas, das sua calça cenoura, com ganchinho saruel. Ela ficou tão desconcertada que escreveu um post maravilhoso comentando o assunto. Aliás, esse post que inspirou o de hoje.

Depois lembrei da postagem das meninas da TPM Moderna, sobre o drama de ter nascido sem estilo. Elas comentam que adoram sites de moda e street style, mas como moram no interiorrrr, sair usando um item de moda é quase como um atentado ao pudor.

Vale a pena a reflexão. Você usa o que realmente gosta?

29 comentários:

Laura de Oliveira disse...

Aninha,

Vou te contar uma coisa: eu NÃO AGUENTO MAIS ler: TEMDEMSSIA, Tendencita, candy colors, must have, wish list, BaPHo, PHYna, RicaH... mundo da moda tá morrendo de burro? Quê isso...

Fico pensando como deve ser dificulidade todo dia TER QUE SER DIVA.

Isso sem falar no PITIS que a gente lê e vê porque alguém ousa discordar da ditadura da moda burra.. dou conta mais não.

Você tá mais do que certa, gata: conforto + vestir o que se gosta. A gente tem que ser feliz porque essa vida é curtinha que só.

BjO

Laura

Fer disse...

hoje em dia eu só visto o q eu gosto (e eu gosto tanto de tênis como de saltos, de visuais girlies como de visuais butch, isso depende do meu dia), mas admito q isso é uma conquista. eu não era assim quando era adolescente, e não era "tanto" assim há uns anos tbm.

agora, essa coisa de ficar na dúvida para usar algo novo (tipo teu exemplo das calças cenoura) é uma coisa comum, e é engraçado q eu acho q isso, essa insegurança com o novo, está mais na cabeça da gente do q das outras pessoas. vou te dar um exemplo: eu tenho usado chapéu ultimamente, coisa q eu não era acostumada, mas achava bonita nos outros. aí, sempre q tô de chapéu vem alguém e comenta, "ah, tá ótimo pra ti, mas pra mim eu não sei se ficaria tão bem". e eu dou risada por dentro, pq eu achei a mesma coisa de mim qdo provei o tal do chapéu, q minha cabeça ficava num formato estranho, q não tava caindo tão bem... essas coisas. (aliás, só comprei pq o preço tava bom, mesmo). então, acho q o novo sempre dá essa estranheza, mas tem q encarar e experimentar. (e se ficar ruim, paciência, pelo menos vc experimentou).

enfim, eu nunca comento aqui, mas hoje me deu vontade de dar meus two cents sobre o assunto ;)

beijo,
Fer
Moda Fora de Moda

Juliana disse...

divino look como sempre!!!
tbm li o post da Fer e adorei!!!não há bonito nem feio, isso está nos olhos de quem ve!!!


hoje tive coragem de criar o meu, segue lá:
http://minhabolha.blogspot.com

Dai disse...

Anaaa, adorei o post e MUITO obrigada por ter citado a gente :)
Sabe, você vai rir de mim, mas sabe quando eu realmente usei o que eu gostava? antes de entrar pra faculdade e começar a trabalhar: eu só usava roupa hippie!hahahaha Para muitos é algo super brega, mas pra mim era o que mais combinava com a minha personalidade. Saião, rasteirinha, cabelão... ali sim era realmente eu e naquele momento era o que eu mais queria poder usar, e usava.
Hoje em dia eu me pego policiando tudo que vou vestir seja para trabalhar, ir pra faculdade ou passear. Mas depois desse post eu vou começar a mudar. Vou vestir o que estiver com vontade, do jeito que eu achar que devo e que fico bem.
Quem sabe assim até a minha auto estima não melhora, né?
:)


Dai
http://www.tpmmoderna.com

Mel Salvi disse...

Ana,

Que mulher de verdade aguenta essa ditadura? A coisa mais importante na vida é ser feliz e se a gente abre mão disso por causa de modismos vai viver infeliz. Que a moda sirva de inspiração para o gosto de cada uma e sejamos sempre diferentes, únicas.
bjks
Mel

lucilenepoliveira disse...

Ana..

Este ano mudei tudo na minha vida.. e uma das mudanças foi de visual.. hoje não penso no que os outros vão pensar e sim se estou feliz comigo mesma. Então, eu me encontrei sendo eu mesma. E estou me amando muito muito muito!

beijão.. ah adorei o sapato rsss

Paty Sahea disse...

Querida amei seu look , esse sapato é lindo .
Realmente tem muita menina que se escraviza com a ditadura da moda , mas eu uso o que gosto , se me vestiu bem , se eu gostei é o que interessa . Por causa do meu blog , aprendí a ousar de vez em quando e quando saio percebo olhares que não me atingem mais (no início sim , ficava meio sem graça rsr), as vezes eu até gosto de estar diferente rsrs .
bjoss

P.S. amei o post de hoje

Mandy disse...

minha avó já dizia, desde quando costurava os vestidinhos da minha mãe na adolescencia, que a moda quem faz é a gente.
claro que sempre tentamos ficar bonitinhas, e usar uma roupa legal, maquiagem legal... mas não dá pra deixar o estilo próprio e o conforto de lado.

eu SÓ uso o que eu realmente gosto! ;)


(amei o post, e vc tá confortavelmente linda! \O/)

Juliana disse...

Querida passei aqui mais cedo para indicar meu novo blog, mas deu um erro com o nome!!!se der passa la

www.bolhadajuju.blogspot.com

bjinhos..

Dani Oliveira disse...

Menina, imagina para mim que sou gordinha que odeia preto e odeia roupa apagada? Claro que tive que assumir a atitude de usar o que gosto, pq sim é mais uma questão de atitude. Sempre haverá olhares e alguém tirando onda das "esquisitices" que nos propomos. Mas para falar a verdade, eu adoro ser diferente e experimentar.

Usar o que gosta, é se dar o prazer o tempo todo. Como já disse, gosto dos seus looks pq são seus. Ë vc neles sem sombra de dúvida e isso é muito bom de se olhar.

Liberdade para a linguagem das roupas!!!

Beijocas

Nanda Assis disse...

eu sim mas as pessoas criticam.

bjosss...

Cat e Ju disse...

"eu só uso o que gosto. E se eu gosto, eu me sinto segura. E se me sinto segura, nada desvia a minha atenção: o foco é a minha felicidade, é a alegria de usar o que gosto e ser feliz assim. Se a gente olhar pros lados, tropeça." Não podia ter dito melhor! Eu sempre usei SÓ o que eu gosto e não o que a moda dita. E vivo feliz assim! Se alguém não gostar? Tudo bem, desde que eu goste e me sinta confortável! Ah, tb não largo as minhas havaianas NUNCA! Bjos

elainebasica disse...

Eu amei o post.....eu uso o q gosto sim...sou fã da havaianas como vc e ñ abro mão de estar segura com o q escolhi usar...nós mulheres principalmente temos o grande defeito de nos vestirmos para agradar ou chamar a atenção dos outros....é ótimo subir nas tamancas, desde q isso seja para elevar a sua própira auto estima.

gurias disse...

Ótimo post Ana! Concordo em gênero, número e grau. As tendência e modismos estão aí, nós que temos blogs que falam sobre o assunto, até postamos para passar a informação, mas cabe a cada um usar aquilo que gosta, que lhe cai bem e não para ser escrava da moda.

Eu sou fã de Havaianas, fã de AllStar e gosto de usar aquilo que me deixa confortável. Não gosto de sarouel, não gosto de clogs, não cai bem em mim, então não uso.

Temos que usar aquilo que nos satisfaz e não porque os outros usam.. ou deixar de usar porque vão achar esqusito.

Devemos nos agradar em primeiro lugar!

Um beijo
Aline

Sarah disse...

Concordo com você! Eu também só uso o que eu gosto! Sem medo de ser feliz! E olha que meu problema já começa aqui em casa, sempre tem alguém pra dizer que é estranho, que não costuma ver pessoas assim na rua... quer saber? Eu nem ligo!
Eu uso o que agrada... por exemplo, não uso salto alto de jeito nenhum, por motivos de conforto. A não ser em ocasiões especiais, como formaturas e casamentos... do contrário, não uso mesmo.
E a gente tem que ser assim. A gente tem que se agradar e não agradar os outros!
beijos!

DricaPeixoto disse...

Eu uso quase tudo que eu gosto, pq sei que algumas modelagens não ficam boas e, claro, não me deixam segura com o look.

Já fui gordinha, hoje sou magrinha. Já usei de tudo um pouco e soube me adaptar e me vestir bem.

Tem baixinhas que seguram bem uma saia longa e por aí vai. Acho que uma pitada de ousadia faz com o imporovável fiquei ainda mais belo.

Jowzinha disse...

Ana,
sou o tipo da pessoa q nunca fui fashion victim principalmente por ter um estilo diferente de me vestir q acompanha meu estilo de vida.
Se eu fosse ter q ser fashion victim ia sofrer mto pq n tenho condições financeiras boas.
Faz cerca de um ano ou mais q n faço compras, sabe?
Então, visto roupas q estão no meu guarda roupa há 4, 5 anos tanto pq gosto como pq é o q tenho!!!
Eu permito td...
Só n me permito o q n condiz comigo!!!

=**, Jowzinha

Rosália Cipriano disse...

Estou com um problema sério: NÃO CONSIGO PARAR DE USAR MEU BLUSÃO JEANS! #help (rs)

Clau Bartoly disse...

já tinha lido e adorado o post da Fernanda e achei um máximo vc tb fazer, Ana! no meu caso, não há um dia q não ouça uma piadinha ou um comentariozinho sobre o q uso, "nossa, q diferente sua bolsa, como c tem coragem?" ou "q sapato de palhaço é esse??" ou "tá com calça CAGADA???" Cagada é saruel, tá. Mas como nunca liguei pro q os outros falam, uso mesmo. Fico até rindo quando me olham na rua com cara estranha! Cada um tem q ser feliz do jeito q gosta! Viva as diferenças!

Pati Marciano disse...

Oie, Bom eu estou lendo agora bloggs de moda e confesso, sempre quis me vestir bem e ser fashion, mas sempre fui complexada e timida logo sempre usei o basico do basico para nao chamar atenção, agora resolvi mudar e estou começando a inovar é claro que os comentarios iniciais me incomodaram, mas eu quero me sentir bem. Sinto que eu não tenho estilo proprio e nao sei me vestir bem, mas estou tentando aprender com vcs e quero ousar, do jeito que eu quiser e arrasar, quem gostar gostou, quem nao gostar....

lea disse...

olha que discussao boa essa, eu realmente depois dos 30 uso o que tenho vontade e ponto final, rsss bjs

Carolina - ModaEstilo disse...

Post perfeito!
Acredito que todos queremos estar na moda sim, mas acredito que acima desta ditadura há o bom senso e o livre arbítrio de cada um!
Não conseguiria usar uma peça que não gosto e não fica legal em mim só pq é moda.
Moda é muito mais do que dizem as revistas, blogs e sites sobre o assunto. Moda é saber se entender bem com o que tem e com o que gosta! Sem levar em conta o que andam dizendo por aí!

Sinceramente nunca me preocupei com o que diziam/dizem sobre a minha roupa. Quero é estar linda pra mim e para ninguém mais!

Bjs Aninha, sempre linda!

Vanessa disse...

Sabe o que é engraçado? Estava pensando justamente nisso hoje! Eu procuro usar só o que gosto, aliás não uso nada "só porque está na moda". Uso o que acho que fica bem em mim, o que gosto e me é confortável, independente de moda ou tendência... ah, mas confesso que não era assim quando mais nova... acho que isso é uma coisa que vem com a idade! Adolescente tem uma coisa boba de ter que estar na moda, não é? Pois é... a idade tem suas vantagens! Me prefiro hoje do que aos 20 anos!!!

Beijos! Linda como sempre!

mariaassanhada disse...

Oh!amiga nem fala falta inspiração ate de viver na TPM ..aff!
amei o presente do maridao..parabéns ele tem ótimo bom gosto :D
http://mariaassanhada.wordpress.com

Cris Borges disse...

Não é todo dia que estou afim de me emperequetar também. Tem dias que estou inchada, de mau humor, com dor, assim como qualquer pessoa normal e não me sinto com qualquer obrigação de estar com tudo em cima.
Amo falar de moda, escrever sobre moda, gosto de me vestir de um modo que considero bacana, mas não sou escrava disso. Mesmo porque, não é tudo que fica bem e se não me sinto confortável, eu não uso. Aliás, assim como foi comentado aí em cima, eu também já fui "zoada" na rua por estar vestida com algo diferente. Mas sinceramente, não estou nem aí! Acho que tudo é questão de bom senso.

Marta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Lindona!

É engraçado: eu adoro ousar, usar roupa nova, experimentar coisas diferentes. Mas aí, chega o fim de semana, e sabe o que eu acabo fazendo? Coloco um vestido soltinho, ou um short, e fico de bobeira com o namorado. É tão bom! Pq no fim das contas, a gente NÃO TEM A OBRIGAÇÃO de abafar sempre. A gente tem que se sentir bem e pronto!

Adorei a referência ao blog, gata, obrigada!

Mil beijos da sua leitora e amiga!

Ida Sartório disse...

A minha regra é clara: eu SÓ uso o que eu gosto!

Marion Martins disse...

eu acho que as pessoas tem o direito de usar o que quiser.

e acho tb que cada um tem uma maneira diferente de absorver as tendencias e decidir que vão usar ou não...

infelizmente eu não consigo usar muita coisa porque meu trabalho não permite =(

bjs

www.algodaoemlacos.com