quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Férias, compras e achadinhos no Chile

Preparadas pra um mega post? Simbora!

Santiago é uma cidade limpa, organizada, com parques lindos, gente civilizada e muito família. Dá vontade de morar lá ao conhecer os bairros de casinhas fofas com lareira, os restaurantes bacanérrimos, os vinhos de boa qualidade e os cafés ao estilo de Paris com suas mesinhas nas ruas.

Vou contar um pouco do roteiro de comprinhas, mas aviso que não fui na tal rua das grifes, não quis perder meu tempo lá, rs! E fiz compras modestas messssmoo, dei prioridade aos passeios, comidinhas (que não são nada baratinhos, diga-se de passagem) e só.

Minhas modestas comprinhas: toalhas demaquilantes, hidratantes St Ives, rimel Colossal, um lip balm #1 na loja da Kiehl´s e PLAYMOBILS!!!!!!!!!!!!!! =D

Nessa minha viagem ao Chile eu não poderia perder a oportunidade de visitar as 4 grandes lojas de departamento em Santiago: a Ripley, a Paris, a Falabella e a Johnson's. E para comprar hidratantes, cremes, maquiagens das marcas nacionais e Maybelline, Garnier, Jordanna e etc, recomendo uma ia às lojas Preunic, que também é um tem-tudão de lá: vendem desde panelas a produtos de limpeza, make e cosméticos. O único lance é que de loja em loja os preços variam um pouco, assim como a oferta dos produtos. Comprei um rimel Colossal por 16 reais (pouca diferença em relação ao Brasil) e toalhas demaquilantes da Nivea por 990 pesos, ou quase 4 reais, um bom preço! Os meus hidratantes da St Ives eu comprei na Paris, já que estava em promoção, dois por 20 reais!

A tem-tudão Preunic tem desde cosméticos a panelas.

Fachada da Paris do Arauco com um corner da Topshop!

A Falabella é a mais famosa, tem uma mega master loja no Shopping Parque Arauco (aliás, você sabe que chegou no Arauco ao ver a fachada da Falabella). E o mais bacana é que no Chile (e também na Argentina) as lojas são meeeesmo lojas de departamento: tem seção de maquiagem, roupas, acessórios, bolsas, sapatos, utilitários dosméticos, cama, mesa e banho, decoração, eletroeletrônicos...ou seja, peruar numa loja dessa é o equivalente a andar num shopping inteiro!

A vantagem é que dá pra largar os respectivos namorados/maridos na seção de informática, por exemplo, e se jogar nos achadinhos. Mas como nem tudo na vida é bolinho, não achei grandes coisas as roupas que eu vi. E as que eu gostei eram caras. E como o recessionismo tá falando mais alto, comprar por comprar já não cola mais comigo, então não adquiri uma pecinha de roupa sequer. O marido, esse sim comprou: uma calça na Ripley, bem bacana, por 60 reais e uma camisa estilosa numa multimarcas charmosa no Centro.
Uma parte da Ripley. Medo de sair fotografando tudo e tomar esporro em castelhano! rs!

Os setores dessas lojas são lotados de coisas bacanas: na Paris você encontra as linhas de make da Bobbi Brown, Dior, YSL, Lancôme...na da Falabella (do Arauco) tem também a MAC! Aí na seção de roupas a Falabella tem Ellus, Levis, MNG, Adidas...a Paris do Parque Arauco tem um cantinho da Topshop!! Quase surtei quando eu vi, mas achei tudo meio mais ou menos e caro...

Um monte de gente mandou email pedindo dicas de como arrumar mala pro Chile. A verdade verdadeira, galera, é que sou um desastre para arrumar mala. Sério. Detesto. Arrumo sempre faltando meia hora pra sair. Saio pegando as peças mais fáceis do armário: uma calça jeans, legging, camisetas, casacos e um vestido. E sapatilha mais um tênis. Só! Não levo mil possibilidade de figurinos, nem sequer sonho em levar salto alto. Claro que muitas vezes me sinto uma mendiga, hahahaha, mas não adianta, eu não tenho paciência pra arrumar malas e quando viajo eu quero é conforto para andar, andar e andar!
Mas posso dizer que nessa época do ano tem que levar um casaco mais pesado (ainda mais pras noites geladas ou pra ir na Cordilheira), um cardigan leve e uma jaqueta mais estilosa. Pela manhã e à noite fazia um friooooo e à tarde esquentava um pouco, o que me obrigada a ficar andando com um mega casacão no braço.

O mais triste foi a volta. Aguardava ansiosamente pela MAC no freeshop. No primeiro, em Santiago ainda, a decepção: não tinha stand da MAC!!! Como assimmmmmmmmmmmm????? Decepcionada e tensa, rezei para encontrar o que eu queria no freeshop de Guarulhos, onde faríamos a conexão pro Rio.
Chegando em Guarulhos, larguei meu marido na esteira das bagagens e saí correndo (literalmente) em direção ao freeshop. Entrei na MAC e lancei a pergunta:

Eu: - Olá! Eu queria uma Face and Body....

Vendedor: - Não trabalhamos com essa base aqui.

Eu, desesperada, com voz de choro: - NÃOOOOOOOOO???!???? Que outra vocês tem?

Vendedor: - Essa aqui.

Ele espalhou um pouco do conteúdo de uma bisnaga na minha mão, disse que custava 31 dólares e virou as costas para atender as outras dezenas de histéricas que manuseavam os cotocos dos batons e sombras.
Quando eu comecei a pensar nos batons, nos chamaram pra conexão. Odeio a TAM. ODEIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! Como assim não dá nem 10 minutos de conexão e já me carrega de volta pro Rio, voo doméstico, sem freeshop? Deprimi.

Enfim, desviei o assunto das lojas, hahahahaa, mas para finalizar estou preparando uma série de posts dos Achadinhos nessas lojas de departamento! Essa semana começaremos já com um, fiquem ligados! ;)

Beijos!

5 comentários:

Deia Godoy disse...

Oi Ana ,
Vendo as fotos...que saudades do Chile !!!Adorei morar lá...é bem td que vc disse, organizado, limpo.
O free shop do Chile é mega caro, acho que é o mais caro que já fui...nas lojas de departamentos de lá as coisas são mais baratas !Outro lugar legal que sempre vou quando conheço um pais novo ( não são tantos assim...hahah) é o supermercado..sempre tem coisa boa !
Que bom ter vc de volta pra nos inspirar e bater um papinho !
Bjks da Déia
www.voudedeia.blogspot.com

Janaina disse...

ahh, que triste que as roupas não eram tão baratas, estou indo pra la sabado, e esperando muito que voce poste essas outras dicas de compras antes que eu vá! assim aproveito suas dicas tb!! bjos querida!

Kenia Vartan disse...

Um dos meus roteiros futuro de viagens é o Chile,ainda bem que vc vai dar boas dicas para todas nós..
Isso de ñ deu pra comprar..tudo beeem,com certeza vc aproveitou muito bem outras coisas..
Abraços.

Flavia disse...

Oi Ana!!
O que vc passou na volta do Chile, eu tb passei quando fui em setembro! O pior é que o vÇoo doméstico atrasou demais e eu fiquei umas 2 horas esperando, dava tempo de sobra para ir ao freeshop! Agora já aprendi, se for assim, pegue o vÇõo com mais espaço entre o de SCL-GRU e o GRU-GIG, tem um que tem quase 2 horas de iintervalo!

Quanto às compras, vc não chegou a ir nas lojas do Centro?! Lá tem os outlets das marcas, comprei altos casacos por 40 reais! Eu amo Santiago, já fui 4 vezes e pretendo ir a 5ª ano que vem! Este ano eu achei os preços ótimos sim, fui no início da coleção e os preços estavam em média 40 reais, quando na C &A daqui uns 70...

Eu AMO também é comprar as coisas de casa, para isto é a Casa e Ideias, mas as de departamentos também têm ótimos preços!

Isso aí, mas o importante é curtir a viagem, sem se preocupar muito com as compras!

Itamar disse...

Oi bom dia, estou indo pra Santiago passar o ano novo, tenho certa experiencia em viagens, porem é a primeira vez que estou indo casado pro exterior, e como fiquei preocupado com a euforia da minha mulher nestas tal de compras (acho que vai me quebrar) comecei a ler na net algo a respeito, gostei muito de saber que largar o maridona sessão de informatica e ir detonar no resto da loja......pode ter certeza que vou ficar grudado o tempo todo....