sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dicas de compras conscientes

Como prometi aqui está um post só com dicas para você comprar e não se arrepender. Eu não curto radicalismos, e, apesar de eu estar em greve, todas estão liberadas para compras desde que não afetem seu bolso e as roupas não se transformem num acúmulo de peças que vocês nunca vão usar no armário!

Prestem atenção, esse texto copiei do Tottal Marketing.

"- Abaixo a moda descartável! Muitas cadeias de lojas populares lançam coleções a preços baixíssimos, um estímulo ao consumo desenfreado por peças que entram e saem de moda num piscar de olhos. Da próxima vez que for às compras, preste mais atenção na quantidade, qualidade e durabilidade das roupas que está levando para casa. Avalie se o que está saindo barato para o seu bolso não vai custar caro para comunidades produtoras e o meio ambiente. Chic é ser consciente.
Nota da dona do blog: Como a leitora Laki lembrou, lojas de grife também lançam mão desse tipo de promoção e com muitas peças defeituosas. Bem lembrado!!

- Esqueça as tendências. Foi-se o tempo em que as passarelas ditavam o que iria fazer parte do seu guarda-roupa. Pelo contrário, hoje, quanto mais personalizado o look, melhor. Encontre seu estilo, aprenda o que realmente lhe cai bem e desfile por aí com uma moda que seja a sua cara. Nada mais fashion e atual.

- Liquidações geram um alvoroço geral naqueles que adoram rechear o guarda-roupa. No entanto, é preciso lembrar o que há por trás disso:

1- O consumo desenfreado é um dos responsáveis pelo aquecimento global. Consumir com consciência é a nova ordem para tentarmos colaborar com o planeta.

2- Preços convidativos colaboram para que se compre por impulso, o que significa ser grande a chance de você jamais usar aquela “linda blusa que estava uma pechincha”.

- Foi-se o tempo que brechó era uma loja de roupas velhas e nada atrativas. É possível encontrar roupas maravilhosas, por preços incríveis e, de quebra, tornar-se adepta da reutilização, uma forma de reciclagem. Pense nisso!

- Reflita antes de comprar. Antes de percorrer as lojas atrás dos últimos lançamentos, siga as seguintes sugestões:

1- Arrume seu guarda-roupa. Você vai descobrir coisas do “arco da velha”, que nem se lembrava que tinha.

2- O que está parado, sem uso, doe.

3- Pesquise o que realmente seria bacana adquirir. Compre peças versáteis – um vestido que de dia você usa com rasteirinha e, de noite, ganha cara nova com acessórios poderosos, por exemplo.

4- Antes de fechar a compra, pare e pense: eu realmente preciso disso? Essa peça vale realmente a energia que será despendida para pagá-la? Qual o impacto dessa peça no meio-ambiente? Seu bolso e o planeta agradecem. "

Gostei em especial do trecho "arrume seu guarda-roupa". Falei disso nesse post aqui e é isso que está me ajudando a controlar os impulsos consumistas. Essa semana recebi o email da Nayara Cristina contando que ama arrumar seu armário e que gosta tanto do blog que resolveu compartilhar a sua arrumação comigo - e agora com todas vocês. Cliquem para ampliar a imagem. Mais uma inspiração pras pechincheiras de plantão!

5 comentários:

lancelloti disse...

assino em baixo! sou simpatizante de todas essas idéias! adoro moda sustent´ável. vc nao precisa parar de comprar produtos de couro, mas basta comprar um ou dois em cada estação (ou ano, como é o meu caso $$) haha
não precisa ser radical, apenas diminuir o consumo e pensar no que realmente vc precisa para manter seu look, seu estilo! beijos

renatabatata disse...

ADOREI! Simplesmente concordo com tudo e procuro viver assim!
Beijinhos, querida, e mais uma vez parabéns pela iniciativa!

laki disse...

As dicas são ótimas, mas vale lembrar quem nem só as "cadeias de lojas populares" lançam peças que "entram e saem de moda num piscar de olhos". Muitas lojas chiquérrimas e caríssimas também lançam esse tipo de roupa, mas a gente acaba achando que como é caro aquilo vai estar sempre bacana. Na verdade acho que as lojas populares são lugares ótimos onde a gente ode comprar peças básicas por um preço muito menor que a mesma peça que tem uma etiqeta "in".
de qualquer forma parabéns pelo texto e pelas dicas!

expresso moda disse...

Adorei o look do post anterior...e óóó´timas as dicas do post de hoje!


Aceita um selinho,se sim,vai buscá-lo!

bjs e ótimo fim semana

Renê Capute disse...

Apesar de ser naturalmente "tranquila" no quesito consumo, ultimamente estou precisando apertar os cintos e usar aqueles que tenho..rs Evito as vitrines e quando não resisto e entro na loja, fico mentalizando o mantra "mas aquela minha ... é muito parecida". Tenho conseguido me manter longe das compras substanciais. Minhas últimas compras foram uma camiseta manga comprida hering cor da pele -para usar com tudo!!!!- e uma segunda pele preta. Isso há um mês!

Rene