domingo, 29 de junho de 2008

Acho que sou feliz

Hoje vi no youtube a entrevista da cantora Fernanda Takai, do Pato Fu, e do estilista Ronaldo Fraga na Marília Gabriela Entrevista. Admiro os dois e adoro as criações do Ronaldo. Em determinado momento suspirei e pensei que queria ter mais condição de comprar suas roupas. E não é que, no momento final da entrevista, onde cada um cita uma frase, a Fernanda Takai cita um poeta chamado Climério Ferreira, me deixando uma breve lição sobre o que pode ser a nossa real felicidade:

"Acho que sou feliz.
Eu quero tudo o que tenho,
só desejo o que posso

e sou da minha idade.
Será isso a tal felicidade?"


E achei que tinha tudo a ver dividir isso com os leitores do nosso blog. A felicidade se resume em aceitarmos e sermos felizes com o que temos e com o que possamos vir a ter. Com ou sem a roupa de grife, a beleza maior vem de dentro e ela se manifesta principalmente quando nos aceitamos e somos felizes com nós mesmos.

Um beijo para todos e uma excelente semana!



4 comentários:

Marcia Regis disse...

Puxa Ana... fim de semana inspirado esse seu, hein? Boa semana pra ti também! bjs campineiros

Rívea disse...

Bom diaaa, Ana!
Tudo bem?!

Esse dia assisti a essa entrevista, pra falar a verdade peguei mais no finalzinho mesmo. Mas já bastou-me por ter ouvido esse poema. Simples, porém objetivo. Lovei !!! Obrigada por ter compartilhado essas palavras doces, =)

Ótima semana.

Um beijo

Pessoa Criativa disse...

Adorei a mensagem, que se aplica a mim, que não posso comprar sapatos na Bongusto, roupas na Khelp ou bolsas da Prada...mas sou feliz. Reinventando o novo, como eu disse a uma amiga: é o velho, com novo que fica Novo de novidade. Gosto deste blog não pela continuidade do primeiro (musa) mas pelo fato que compartilham o blog, seu dia, duas idéias. Beijocas, Cacau

Ana Carolina disse...

É, gente, a felicidade inventada que plantam na cabeça da gente é aquela que forçam você a olhar pro lado, a ver e avaliar o outro enquanto você deveria estar olhando para si mesmo e para suas atitudes.
Pode parecer demagogia, mas é tão básico...quando a gente não olha pro lado, a gente tropeça menos.

Uma beijoca!